Nasce uma Estrela

04/27/2018

Assim como no Universo e na vida, sempre temos a oportunidade de celebrar o surgimento do novo. Uma vida, um planeta, uma estrela, enfim, qualquer elemento que ocupe um espaço e faz com que tudo se transforme em torno dele, como se estivesse dizendo: - Estou aqui, existo....... Há muito tempo se compreende que tudo no Universo interfere diretamente nas relações humanas e físicas, seja para o bem e infelizmente para o mal. Um controle melhor da poluição nos países Nórdicos, pode resultar na maior produção de bacalhau na costa do Canadá; uma floresta preservada na Amazônia pode levar chuva a região Sudeste; uma empresa de tecnologia pode revolucionar o mundo e as pessoas, proporcionando uma mudança total de atitudes e comportamento. Assim foi, assim é e sempre continuará sendo, como numa engrenagem cheia de variações que se interliga em quantas forem as conexões.

 

Em nossa cidade, um fato novo e transformador ocorreu há exatos 50 anos. Numa ação coordenada pela comunidade Rio-pretense com a liderança da Sociedade Portuguesa de Beneficência, foi inaugurado em 28 de abril de 1968 o Hospital Infante D. Henrique. Esse elemento novo, recém-nascido nos anos 60, ajudou a mudar o panorama médico e hospitalar da cidade e da região, proporcionando uma melhoria continua dos índices de saúde da população. O Hospital Beneficência Portuguesa, como é mais conhecido, se moldou nas práticas médicas, na gestão hospitalar e na ação empreendedora de seus colaboradores, se constituindo hoje em uma das referências brasileiras do setor. É um orgulho imenso observar que dentro desta estrutura de concreto e ferro exista expertise, inteligência, equipamentos, garra e muito trabalho, que conjuntamente colaboram para um atendimento de excelência ao paciente. Este foco, muito claro em todas as ações do Hospital Beneficência Portuguesa, mostram que este jovem senhor de 50 anos é um marco na área médico-hospitalar da nossa cidade.

 

No dia 21 de abril de 2018, o Hospital da Beneficência  Portuguesa de Rio Preto comemorou 50 lindos e produtivos anos. Dentro da programação em torno do Jubileu, foi celebrada uma missa pelo padre Antônio Valdecir Dezidério, da Paróquia Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento. Após este ato solene, um momento único marcou uma emocionante homenagem aos ex-presidentes da Beneficência Portuguesa, a saber:  Professor Bento Abelaira Gomes (1952 a 1967), Comendador Antônio Teixeira Corrêa Leite (1967 a 1970), Antônio Maria Gaspar (1970 a 1971), Comendador Carlos de Freitas (1971 a 2003), Adelino Alves (2003 a 2011) e Artur de Azevedo Bastos (atual presidente desde 2001). O evento, realizado no Salão Nobre do Hospital, contou com as presenças de dezenas de convidados e admiradores da Beneficência Portuguesa.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes