Bene Rio Preto realiza Simulado de Incêndio

A Beneficência Portuguesa de São José do Rio Preto (Bene Rio Preto) realizou, na manhã da última sexta-feira (13/12), um Simulado de Ocorrência de Princípio de Incêndio.

 

 

A ação, promovida pela equipe do SESMT – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – da Bene Rio Preto, contou com o apoio do Corpo de Bombeiros e a participação de mais de 100 colaboradores, além dos pacientes e prestadores de serviços que na hora estavam no hospital.

 

 

O simulado faz parte do cronograma de treinamentos/atividades voltadas à segurança do trabalho. “O objetivo principal é capacitar ainda mais os nossos brigadistas e levantar possíveis falhas na atuação em situações de risco para possamos corrigi-las e em caso de um acidente na vida real todos saibam onde ir, como agir e assim possam ajudar, em segurança, a minimizar possíveis danos”, explica o engenheiro de segurança do trabalho da Bene Rio Preto, Luis Carlos Tebar.

 

O Simulado

Às 10 horas, o alarme de incêndio disparou na Bene Rio Preto e, como em uma ocorrência real, começou a movimentação para evacuação do prédio.

 

 

Os colaboradores que fazem parte da equipe de brigadistas, seguindo passo a passo o que foi aprendido nos treinamentos promovidos pelo SESMT, se organizaram no auxílio das ações para retirada de todos que se encontravam em ambiente inseguro.

 

 

A equipe dos Bombeiros foi acionada e, em minutos, chegou ao local. Na ocasião, os brigadistas da Bene Rio Preto já atuavam no combate ao foco do incêndio e os bombeiros puderam presenciar todo o trabalho da equipe do hospital.

 

 

 

“É muito importante trabalhar a harmonização de esforços entre todos os envolvidos. O Corpo de Bombeiros, além da atuação própria, depende, muitas vezes, de uma ação imediata para grandes incêndios. Por isso, é importante que o treinamento seja muito bem feito com a brigada de incêndio, pois eles serão os responsáveis pelo primeiros combates e evacuações. Essa atuação inicial é essencial para o resultado final da ocorrência”, ressalta o primeiro-tenente do Corpo de Bombeiros Rafael Fantini.

 

 

 

A auxiliar de Enfermagem Janaína Carla de Lima Santos, que há 16 anos trabalha na Bene Rio Preto e há oito faz parte da equipe de brigadista, foi uma das participantes. Para ela o simulado ajuda a rever o que já foi aprendido. “É importante reforçar as informações sobre as rotas de fuga, os pontos de encontro, isso é de grande valia, não só para os pacientes, mas para todos que trabalham e passam pelo hospital. É uma questão de segurança. ”, comenta a enfermeira.

 

 

Brigadista na Bene Rio Preto

Mais de 400 colaboradores da Beneficência Portuguesa de São José do Rio Preto fazem parte da Brigada de Incêndio. O grande número de brigadistas garante que em todos os quatro turnos de atendimento do Hospital, que funciona 24 horas, todos os dias da semana, tenham colaboradores treinados para atuar em situações de risco.

 

 

 

Para ser brigadista é necessário fazer um treinamento específico, oferecido pelo hospital e promovido pelo SESMT, que aborda assuntos como: teoria do fogo; princípios de incêndio; rotas de fuga; uso de extintores e hidrantes, entre outros temas. Além do primeiro treino, todos os brigadistas passam por capacitações periódicas e treinamentos, como o simulado, na prática.

 

   

No início do próximo ano, está previsto para acontecer o início do curso de formação de novas turmas de brigadistas. “O treinamento é aberto aos colaboradores, médicos do nosso corpo clínico e parceiros do hospital”, explica Tebar.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags